sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Canoas se posicionam para impedir tráfego de navios bauxiteiros em frente a Santarém


Cerca de 250 bajaras (canoas movidas a motor de popa) estão a postos em frente a Santarém, para barrar a passagem de qualquer navio da MRN (Mineração Rio do Norte), como forma de chamar atenção do mundo para a luta em prol da criação do estado do Tapajós.
Os participantes do ato prometem ficar no local por tempo indeterminado.
Militares da Delegacia da Capitania dos Portos em Santarém tentam, neste momento, evitar o protesto, conversando com os líderes da manifestação.
A ideia agora é fazer um manifesto pacifico.(Texto e fotos: Comitê Sim Tapajós)

Um comentário:

Gilberto Alvarenga disse...

nao e por ai que vai se resolver essa questao da criacao do estado do tapajos..