quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Não tô nem aí

Enquanto a cidade é uma buraqueira só, a prefeita de Santarém Maria do Carmo tomava tacacá tranquilamente, ontem à tarde, em uma vendinha localizada na parte ainda asfaltada da travessa Turiano Meira.
No ramal da Turiano que dá acesso ao Magazine CR, por ele a prefeita não quis trafegar. Nem para tomar um café capuchino espumante.

3 comentários:

Oculista disse...

A administração Maria do Carmo deixará sem dúvida algum um dos piores legados administrativos na historia política de Santarém.
Visualizamos facilmente o quanto Santarém encontra-se maltratada e abandonada pelo atual governo municipal. São ruas esburacas, inclusive buracos de todos os diâmetros e espessuras, poeiras por todos os lados, sáude pública ineficiente, funcionalismo público municipal descontente e alguns altamente despreparado, concursados ainda não lotados, nepotismo, concerto licitatório a fim de beneficiar parentes que possuem consigo laços de consanguinidades, mentiras, discursos frágeis e hipócrita, enfim, as mazelas que acometem este governo são infindáveis e incuráveis.
Diante disso, só temos a lamentar, e esperar para que num futuro próximo, nós eleitores possamos mudar este tenebroso cenário político que hoje administra Santarém.

grupopaju disse...

Nesta terça feira, 08/09, membros do Partido Verde reuniram-se com a Promotora do Meio Ambiente Lilian Regina Furtado Braga, para tratar de assuntos relacionados ao meio ambiente. A reunião, marcada e presidida pelo vereador Valdir Mathias, presidente do partido, foi solicitada na última reunião do partido. O grupo Paju esteve em peso na reunião, representados pelos membros Bruno Moura, Érik Jennings, José Eduardo Siqueira, Luis Rodolfo Carneiro e Podalyro Neto.


A problemática da presença de carros nas praias foi a temática mais discutida durante a reunião. Foram mostradas as ações já realizadas em anos anteriores, com o apoio das comunidades. Além disso, foi entregue à promotora cópia de documentos que comprovam cientificamente danos ambientais causados pela presença dos veículos, além de fotos recentes com identificação das placas de veículos em praias santarenas.


Foi colocado também a preocupação com a segurança dos banhistas e a contaminação das águas das praias mais movimentadas por dejetos humanos como fezes etc, devido a inexistência de banheiros públicos nas praias, ocasionando assim um problema de saúde pública.


A promotora mostrou-se bastante sensível ao problema e ficou de estudar qual a melhor forma de solucioná-lo, de como será o plano de ação e qual a melhor maneira de fazer cumprir o Plano Diretor do Município que proíbe o transito de veículos nas praias.

Uma nova reunião foi marcada para a última semana de setembro, para que sejam avaliadas propostas para ações efetivas.
fotos e mais informações www.blogdopaju.blogspot.com

Oculista disse...

Representações já foram feitas junto ao Ministério Público solicitando tomada de providencias no sentido de que a Prefeitura Municipal de Santarém disponibilizasse aos banhistas de nossas praias banheiros químicos.
Mas, infelizmente até agora nada fora feito, seja pela Prefeitura como pelo Ministério Público Estadual.