quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Pista de pesquisa registrada no TRE

O Blog do Parsifal publicou que o Instituto Desttaq registrou hoje no TRE pedido de regsitro de pesquisa eleitoral para o governo do Pará.

O Blog do Estado fez uma pesquisa sobre o portfólio da Desttaq e encontrou apenas a menção a uma pesquisa realizada por esse instituto na minúscula Mocajuba, durante a eleição de prefeito, em 2008.

A solitária pesquisa teve como cliente uma emissora de rádio comunitária, a Mocajuba FM.

Os que acompanham os resultados das eleições poderiam mandar para o Blog do Estado o resultado oficial do TRE paraense para ser comparado com a previsão feita pelo Desttaq, abaixo infomada:

WILDE COLARES                                       45,8%
ROSIEL COSTA                                           40,1%
EDNO ROCHA                                             6,6%
JORGE COPA                                                1,8%
NÃO SABE/ NULO/BRANCO                  2,5%

4 comentários:

Jota Ninos disse...

Miguel,

Dados colhidos junto ao TSE mostram o seguinte resultado naquela eleição em Mocajuba:

ROSIEL COSTA (DEM) 7.240 (88,49%)
EDNO ROCHA (PT) 795 (09,72%)
JORGE COPA (PRB) 147 (01,80%)
WILDE COLARES (PMDB) 0 (00,00%)

Creio que a última candidatura acabou impugnada e os votos devem ter sido invalidados.

Jota Ninos disse...

Só para confirmar a informação anterior:


Informações da apuração no município de Mocajuba

Número de Eleitores: 17.616
Número de Seções: 55
Última contagem: 13:37
Votos apurados até o momento: 17.616 (100%)
Votos brancos: 123 (0,8%)
Votos nulos: 7.081 (46,02%)
Abstenções: 2.230 (12,66%)

Se os votos nulos apontados neste quadro foram todos para o candidato supostamente impugnado, pode significar que a pesquisa acertou o resultado.

Anônimo disse...

Ora essa! Quer dizer que o Ibope acertou nas eleições de Belém em 2008! Ou nas pesquisas para estado nas 4 ultimas eleições!!
Nada ver!

desttaqrc disse...

Miguel Oliveira, o post publicado hoje, 20, referindo a empresa Desttaq merecesse algumas explicações:
De fato publicamos uma pesquisa em Mocajuba. Ressalte-se que no questionário todos os candidatos foram contemplados, todos foram votados. No entanto, os votos de um dos candidatos Wildes Colares foram anulados; portanto, na reformulação da conta dos votos válidos os índices, óbvio, foram outros. Ai meu caro, não tem pesquisa que acerte. Se verificarmos os votos nulos, 7.081, o que corresponde a 46,02% (TRE), detecta-se que a grande maioria desses votos era de Wildes, o que significa dizer que a pesquisa que apontou 45,8% para Wildes acertou dentro da margem de erro estabelecida.

Instituto Desttaq
Ronaldo Carvalho